Segundo a notícia avançada pela Angop, peritos angolanos temporariamente localizados na Rússia já negociam sobre a data do lançamento do mencionado satélite que estava previsto para o Agosto último.