Publicidade

Ricardo Pereira revela segredo do seu personagem Virgílio em “Deus Salve o Rei”

O actor Português Ricardo Pereira, que está a vestir o papel do comerciante de tecidos na novela da Globo “Deus Salve o Rei”, revelou em entrevista por correspondência ao AngoRussia, alguns dos segredos do seu personagem, um homem característico do reino de Artena e muito apaixonado pela mulher Amália, que o trai com Afonso e promete vingar-se de ambos.
 DEUS SALVE O REI Virgílio Ricardo Pereira Crédito Globo Rafael Campos

Ricardo Pereira, começou por revelar que o seu personagem ‘Virgilio’ se desenvolve na trama, quando descobre a traição da sua amada Amália interpretada por Marina RuyBarbosa, e promete vingar-se da mesma e seu amante Afonso (Romulo Estrela), que o tirou sua luz, sol e família.
“O Vírgilio é um comerciante de tecidos, um personagem muito característico do reino de Artena. Tem uma relação morna com a Amália, porque é uma coisa que caiu numa acomodação, uma relação com futuro para ele, mas não tanto para a Amália. Mas acho que ela nunca conheceu o amor de verdade, ela foi prometida a esse cara e assim foi, continuando a vida. Até que de repente o Virgílio descobre essa traição da Amália com o Afonso e, a partir desse momento, tudo muda na vida dele. O Afonso tira a luz dele, o sol dele, a família dela, que era também dele. Imagino o Virgílio como se a vida tivesse acabado para ele naquele momento, ele se sentiu traído, mas o mais engraçado é que ele não coloca a culpa na Amália, ele bota toda a sua culpa, toda a sua sede de vingança no Afonso. E isso é muito interessante porque é aí que tudo começa para desenrolar uma trama bem complexa, desse personagem. Ele se envolve com pessoas que são próximas da Amália, mas sempre com o foco de recuperar esse amor dela, que é a vida dele. Ele vai fazer de tudo para confrontar o Afonso e para fazer a vida dele um grande inferno”, disse o actor.
Por acarretar um sentimento de mágoa e não sentir paixão por outras mulheres, Ricardo Pereira disse ainda que começa a sua vingança ao se aproximar da melhor amiga de sua esposa, Diana (Fernanda Nobre), só para provocar ciumes e poder tirar de si informações do envolvimento de Amália e Afonso.
A relação do Virgílio com a Diana, que é a melhor amiga da Amália, ele utiliza ela para atingir a Amália. Ele quer fazer ciúme e saber o que está acontecendo na vida de Amália. Ele não é um cara que tenha paixão por outra mulher. Ele vai se envolver com outras mulheres, mas a grande paixão e o grande amor da vida dele é será sempre a Amália. A relação do Virgílio com a Diana é uma relação muito estranha, uma relação meio de interesse. Ele quer estar próximo da Diana, porque ele quer saber o que está acontecendo entre a Amália e o Afonso, a partir do momento em que ele é traído. Embora isso tudo seja relativo, porque a relação dele com a Diana vai ser curta, e não vai ser muito eficaz, nem com muita paixão. É como uma cobra envolvendo um outro animal. É engraçado um comerciante de tecidos que trabalha com a delicadeza do tecido, mas ao mesmo tempo ele é totalmente envolvente, ele usa muito isso no seu charme, na sua sedução, na sua forma de falar, no seu jeito para envolver a Diana.
 DEUS SALVE O REI Virgílio Ricardo Pereira Crédito Globo Rafael Campos 2
Virgílio (Ricardo Pereira)
Satisfeito com o papel que está a vestir, Ricardo abriu o coração e falou um pouco de como tem sido a sua preparação para interpretar Virgílio, comerciante de tecidos, que por não fazer parte da plebe luta para ser da nobreza.
“Estou em novelas de época há algum tempo, e é muito bacana você viver esses personagens com uma composição mais elaborada, mais profunda, com um trabalho de pré-produção e de preparação mais intenso. A gente ficou dois meses trabalhando para construir esse personagem, fez um workshop muito intenso, passando por várias disciplinas, várias matérias, para caracterizar eles. Não só fisicamente, luta, equitação, mas é muito importante esse trabalho para a gente chegar lá. Como o figurino, o aspecto físico, caracterizamos como um cara aparentemente sofisticado. Ele não é da plebe, não é da nobreza, ele pretende ser da nobreza. Então ele um jeito de vestir com uma delicadeza, com uns tecidos diferentes, a seda no corpo dele, ao mesmo tempo um aspecto físico de cabelo e barba. Algo que não fosse muito desajeitado, que desse uma rectidão nele, uma força e um poder que está escondido dentro dele, que pode saltar e pular a qualquer momento”, finalizou.

Ricardo Pereira estreou como actor em 2000, na peça Real Caçada ao Sol de Peter Shaffer no Teatro Nacional D. Maria II. Em 2002, alcançou reconhecimento a nível nacional com projectos televisivos como Saber Amar e Bairro da Fonte. O actor português já participou em varias novelas brasileiras como Insensato Coração, Novo Mundo, Negocio da China, Liberdade,Liberdade, A Regra do Jogo, Prova de Amor, Pé na Jaca, Como Uma Onda, entre outras.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.