Publicidade

Big Nelo planeia contar sua vida em livro de autobiografia



Big Nelo, uma das referências da música angolana, manifestou durante o live transmitido na noite de 21 de Maio, no Instagram, o desejo de partilhar a sua experiência de vida através de um livro de autobiografia.
“Digo sempre que o nosso lado da cultura e o lado patriótico pecou muito por não ter antecipado em fazer documentários desses grandes artistas, tanto a minha geração como a de outros mais velhos que já não fazem parte do mundo dos vivos, desde Bangão, Teta Lando, Diabick, Mamborro, André Mingas e muitos, porque, às vezes, é importante esses grandes artistas deixarem os seus testemunhos para as próximos gerações perceberem.” Disse o rapper.
O integrante do grupo SSP salientou, ainda, que muitas vezes, as pessoas julgam sem terem noção dos sacrifícios que muitos artistas fizeram para que a nossa música estivesse onde está. “Se a minha geração sofreu muito, a deles com certeza deve ter sido mais dura”, frisou.
O músico realçou que a sua ideia consiste em continuar a deixar um legado que não ficará somente pelas plataformas digitais, pois, o objectivo passa pela compilação de um livro de autobiografia.
“Não quero cometer o mesmo erro de muitos mais velhos que já não estão connosco, e que infelizmente não temos como beber das suas experiências. Estamos sempre a aprender e só deixamos de o fazer depois que morremos. Já tinha pretensões de começar a escrever o livro há três anos, mas depois senti que não era o momento certo. Acredito que hoje estou mais maduro e sei o que quero para um livro.” Contou.
Apesar de não ter ainda uma data concreta para o efeito, a Lenda, como é carinhosamente tratado, projecta lançá-lo dentro de 18 meses.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.